Obama 2008Breve post de referência ao blog da Laurinda Alves, que publicou um post intitulado “A autenticidade é a verdade para além das palavras“.

Este post é sobre a eleição de Barak Obama. À primeira vista nada tem a ver com a gestão do talento (excepto talvez com o talento de Barak ter chegado a Presidente, contra tudo e contra todos, claro 🙂 ).

Todavia, aquilo que me fez pensar foi uma referência que a Laurinda fez, e que toca com o dedo na ferida de muitas realidades que vivemos nos tempos que correm: a célebre frase de Obama “uma das qualidades mais raras nos políticos é a autenticidade, essa verdade que está para além das meras palavras”.

A autenticidade. E porque será? Talvez porque as pessoas são seres cada vez mais informados, porque pensam pela sua cabeça e porque fazem opções todos os dias, enquanto cidadãos, pais, filhos, maridos, mulheres, profissionais, enfim, enquanto actores de tantos quantos os papéis sociais que desempenhem.

Segundo Obama, isto criou a “exigência permanente de nos pormos na pele das outras pessoas e vermos os seus pontos de vista”.

Pois é: isto é verdade para os políticos, mas também para os gestores.

E a gestão do talento é isso mesmo. E há dois aspectos que nunca poderemos descurar:

a) prestar-lhes atenção (aos talentos);

b) sermos genuínos e verdadeiros… em suma, autênticos 😉

Sobre este mesmo tema já escrevi no meu post sobre genuinidade empresarial.

Deixo-vos um vídeo de Obama que fala sobre estes e outros valores.

Enjoy it 😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s