Ontem ocorreu no Campo Pequeno um evento a todos os títulos notável: o encontro global de talentos Star Tracking Lisboa 2008, que fechou um périplo mundial pela rede global de talentos portugueses espalhados pelo mundo, e que passou por Londres, Paris, Madrid ou Nova Iorque.

Porque considero este evento notável:

  1. pela capacidade de mobilização em torno do lema “proudly portuguese”
  2. pela “democratização” do conceito de talento, não numa lógica de nivelar por baixo, mas sim numa lógica de elevar o nível de aspiração e ambição
  3. pela afirmação do valor que temos enquanto pátria
  4. pela “montra” de talentos gerada, e pelos bons exemplos partilhados
  5. pelo espírito positivo vivido
  6. pelo orgulho que transbordava na sala
  7. pela projecção mediática conseguida: o país precisa de saber que o talento existe e precisa de elevar a sua auto-estima
  8. pelo envolvimento dos mais altos responsáveis do país (e o que isso simboliza)
  9. pelo capital de esperança gerado
  10. pela responsabilidade e expectativa que todos sentimos em prosseguir esta caminhada

Foi um evento de grande monta, complexo, que poderia ter eventualmente corrido melhor em alguns aspectos, como hoje já se discutia nos (exigentes) fóruns da rede The Star Tracker, mas que foi globalmente um sucesso.

Ao Tiago Forjaz, ao Pedro Brito e toda a restante equipa que rodeia estes talentos de quem tenho o orgulho de ser amigo, os meus mais sinceros parabéns.

Tivemos oportunidade de fazer network, pudemos rever também caras conhecidas, pudemos testemunhar exemplos marcantes de talento e partilhar sonhos com talentos portugueses de projecção mundial.

Destaco as intervenções dos 3 convidados: Camilo Rebelo (arquitecto de renome mundial), Paulo Taylor (o “pai” do famoso EBuddy, sabiam?) e do Ricardo Diniz (velejador solitário que vai dar a volta ao mundo).

Que os seus exemplos sejam inspiradores para todos nós.

Para quem queira saber mais sobre o The Star Tracker, deixo-vos aqui a opinião da conhecida jornalista Laurinda Alves (leiam os comentários, que são vários e extremamente interessantes!)

Para quem queira saber mesmo como foi, aqui vai a reportagem integral, generosamente cedida pelo “blog amigo” – Lugar do Conhecimento (não percam, está excelente!).

Destaque ainda para a inovação lançada ontem à noite na rede The Star Tracker: os Talent Tags. Pela primeira vez, o nosso talento deixa de ser definido pelo nosso CV, pelos nossos títulos, pelo nosso “pedigree”, e passa a ser definido pelos atributos e qualidades que os outros vêm em cada um de nós.

Esta inovação, absolutamente inédita, é talvez o maior contributo para a gestão do talento e para a humanização das redes sociais feito nos últimos tempos. Mais uma vez estão de parabéns!

Proudly Portuguese! Sempre!

Advertisements

One thought on “Star Tracking Lisboa 2008: proudly portuguese!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s